Antonio Hugo

Ser romântico, é ter a certeza, de que vale a pena amar; amar a todos, e a tudo o que for bom.

Textos






“AMOR POR TELEPATIA”.
            (Soneto).
 
 
Já começou serenar
Ficou fria a madrugada,
Nenhuma estrela a brilhar
A relva ficou molhada.
 
Silêncio, só o som do mar;
Ah! Que solidão malvada!
Eu não queria chorar...
Tristeza, não leva a nada.
 
Foi então, que o céu se abriu,
A primeira estrela surgiu,
A estrela do novo dia.
 
Longe alguém também a viu
E a mesma coisa sentiu,
O amor, por telepatia.
 





Antonio Hugo
Enviado por Antonio Hugo em 12/05/2012
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Autor: Antonio Hugo/ site: www.antoniohugo.recantodasletras.com.br). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras