Antonio Hugo

Ser romântico, é ter a certeza, de que vale a pena amar; amar a todos, e a tudo o que for bom.

Textos






“NEM ÚLTIMO, NEM PRIMEIRO”.
                   (Soneto).
 
 
Transformei o meu passado,
Na base da minha vida,
Minha infância querida
De lá por Deus fui guiado.
 
Apesar de ter chorado
Alguma coisa perdida,
Se a alma ficou ferida
Tudo foi cicatrizado.
 
Meu sorriso é verdadeiro
O meu pensamento é verso,
Que a mim dita o travesseiro.
 
Pois não sou um prisioneiro
Angariando o regresso,
Não sou último, nem primeiro.





Antonio Hugo
Enviado por Antonio Hugo em 07/05/2012
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Autor: Antonio Hugo/ site: www.antoniohugo.recantodasletras.com.br). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras