Antonio Hugo

Ser romântico, é ter a certeza, de que vale a pena amar; amar a todos, e a tudo o que for bom.

Textos







"FALANDO DA NATUREZA"


A brisa que assopra a helva
as águas nas cachoeiras...
O vento que adentra na selva
os peixes nas ribanceiras.

O caminho que dá no atalho
as pedras que enfeita o rio,
o respiro que produz o orvalho
a trilha que guia o navio.

As nuvens multicolores...
As borboletas nas flores,
os colibris que as vem beijar.

Os verdes das pradarias...
Nevoas do raiar do dia,
conjunto que nos faz calar.





Antonio Hugo
Enviado por Antonio Hugo em 02/01/2007
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Autor: Antonio Hugo/ site: www.antoniohugo.recantodasletras.com.br). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Áudios Relacionados:
Falando da Natureza - Antonio Hugo


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras