Antonio Hugo

Ser romântico, é ter a certeza, de que vale a pena amar; amar a todos, e a tudo o que for bom.

Textos










“FRONHAS BORDADAS”.
        (Soneto).
 
A saudade era malvada
Quando vivias distante,
Eram longas as madrugadas
Sem carinho igual a antes.
 
Quando os pássaros cantantes
Ao chegar da alvorada...
Não via mais minha amante
No nosso leito deitada.
 
Via uma manta dobrada
Sobre a cama estirada...
E um lado da cama vazio.
 
Lá fora, às relvas molhadas,
Olhando as fronhas bordadas,
E um travesseiro tão frio!








Antonio Hugo
Enviado por Antonio Hugo em 07/12/2009
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Autor: Antonio Hugo/ site: www.antoniohugo.recantodasletras.com.br). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras