Antonio Hugo

Ser romântico, é ter a certeza, de que vale a pena amar; amar a todos, e a tudo o que for bom.

Áudios











“VIDAS”.

 



 

Vidas que se cruzam no retorno

Quando volta a vida terrena...

Quando encarna a um corpo morno

Já não mais lembra passadas cenas.

 

Vidas que vagam pelo tempo...

Que não são vidas, nem são mortes,

Vidas no limbo para exemplo

Por abusar das suas próprias sortes.

 

São iguais, independente de dotes,

Não importa se antigas ou modernas,

Esta viagem não precisa passaportes

Pois é longa a nova vida, é eterna.

 







Enviado por Antonio Hugo em 26/01/2008




Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras