Antonio Hugo

Ser romântico, é ter a certeza, de que vale a pena amar; amar a todos, e a tudo o que for bom.

Textos










“POEMAS DE AMOR”.                                             

          

 

Minhas madrugadas insones

Que eu sonhava acordado,

Eu repetia o seu nome...

Com versos apaixonados

Como sofria este homem

Por não ter-te ao meu lado.

 

Fazia poemas de amor

Toda madrugada afora,

Às vezes de rosto molhado

De chorar durante horas

Sobre, a mesa debruçado,

Pensando em ti minha senhora.

 

Mas o nosso amor foi forte

Por ele sobrevivemos...

Não era um só quem queria

Até hoje nós queremos;

Amarmos-nos até a morte

Desde que, nos conhecemos.

 

Hoje juntos corpo e alma

E os filhos que já temos,

Vivendo a vida com calma

Por muitos anos queremos

Agora, é só batermos palmas;

Juntos, para o céu iremos.







Antonio Hugo
Enviado por Antonio Hugo em 18/05/2008
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Autor: Antonio Hugo/ site: www.antoniohugo.recantodasletras.com.br). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras