Antonio Hugo

Ser romântico, é ter a certeza, de que vale a pena amar; amar a todos, e a tudo o que for bom.

Textos










“SIMPLESMENTE SORRIR”.

           (Prosa Poética).

 

Sonha o escritor na madrugada

Com o seu passado, seu presente e futuro;

Nem vê a luz que ilumina o seu recinto...

Pois fecha os olhos, ele sonha no escuro.

Navega por lugares que passou

Pensa num grande amor, que teve um dia,

Pensa no amor de outrora, no que tem agora,

Mas nem pensa no amanhã...

Um poeta vive de sonhos

O seu espírito é quem viaja por si.

São tantas imagens lindas...

Ele sorrir pro nada... Pra coisas passadas,

Ele simplesmente sorrir;

Acha bonita a formiguinha que anda

A mariposa que voa... Ele ri a toa

Ele ri até de si...

Um poeta é um sóbrio embriagado

Está sempre acordado, imaginando coisas;

Ele conversa com os seus antepassados

De quando era criança, até chegar aqui.

Ele só para quando a mente falha

Quando tropeça nas palavras...

Então ele sabe, já é hora de dormir.







Antonio Hugo
Enviado por Antonio Hugo em 24/03/2008
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Autor: Antonio Hugo/ site: www.antoniohugo.recantodasletras.com.br). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Áudios Relacionados:
"SIMPLESMENTE SORRIR". - Antonio Hugo


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras