Antonio Hugo

Ser romântico, é ter a certeza, de que vale a pena amar; amar a todos, e a tudo o que for bom.

Textos










“AMIGO CARNEIRINHO”.

             

 

Rancho a palha ao pé da serra

Feliz criança eu brincava...

Diversão à natureza

Era alí a minha terra!

O cume do monte fumaçava

Já nascia um novo dia;

A luz do sol minha alegria

Ao brincar eu me esmerava,

Companheiros da escolinha

Mais brincava que estudava

Os sapinhos nas lagoas...

Os grilos que alí cantavam;

Meio dia o sol a pino...

Quando na sombra eu pisava

No coração do menino...

Eu também me apaixonava!

Já acordava sorrindo

De longe o bater dos sinos

Quando o sino badalava...

O carneirinho meu amigo

Na altura do umbigo

Santo Deus! Como eu o amava!







Antonio Hugo
Enviado por Antonio Hugo em 12/03/2008
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Autor: Antonio Hugo/ site: www.antoniohugo.recantodasletras.com.br). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras