Antonio Hugo

Ser romântico, é ter a certeza, de que vale a pena amar; amar a todos, e a tudo o que for bom.

Textos









"O BANDOLIM"



O bandolim que toca,
aquela canção de nós dois;
O clarim que acompanha
a canção que lembra a nós,
tu que não estás aqui
por isso esse aperto no peito,
e esse som apaixonante...
que toca muito distante,
com seus acordes perfeitos;
Aquele bandolim que toca
a melodia que a mim toca,
uma canção de namorados
tocada a dedos de um mestre;
O bandolim que me recorda
o clarim que me sufoca,

Ai! Como dói esta saudade...
na calmaria da noite,
a brisa tímida que sopra
e o som do bandolim...
que me traz de volta;
E eu vejo as estrelas,
as observo que pisca
como que a mim acalmar;
E torno a ouvir bem suave,
além das copas das árvores
aquele bandolim...que toca!
Além das ondas do mar!





Antonio Hugo
Enviado por Antonio Hugo em 21/12/2005
Alterado em 24/05/2007
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Autor: Antonio Hugo/ site: www.antoniohugo.recantodasletras.com.br). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras