Antonio Hugo

Ser romântico, é ter a certeza, de que vale a pena amar; amar a todos, e a tudo o que for bom.

Textos










 

“ESPELHOS D’ÁGUA”.

           

 

 

Sol da manhã que clareia os montes

Oh lua cheia que beija o mar!

Clara aurora que nos mostra o horizonte

Estrela d’alva que nasceu pra me encantar!

 

Água cristalina que brotou da fonte

Oh verdes matas que deixa-nos respirar,

Meu criador, que é a única esperança,

A passarada que cantam pra me alegrar.

 

Espelhos d’água que desliza entre os montes

Nuvens pairam sob o céu a flutuar...

As cachoeiras que ostentam os véus

A natureza inspira o meu poetar.







Antonio Hugo
Enviado por Antonio Hugo em 30/10/2007
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Autor: Antonio Hugo/ site: www.antoniohugo.recantodasletras.com.br). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras