Antonio Hugo

Ser romântico, é ter a certeza, de que vale a pena amar; amar a todos, e a tudo o que for bom.

Textos


 
“LEVE QUANTO O AMOR”.
             (Soneto).
 
 
Enquanto um pássaro cantava
Sobre um frondoso cajueiro,
O outro, o remedava...
Batendo asas num poleiro.
 
Pendia um galho de flor
Enquanto as flores beijava,
Tão leve quanto o amor
Inocente ele cantava.
 
Deixe estar meu canarinho
Tu hoje cantas sozinho...
Amanhã tens companhia.
 
Canta só sem ter carinho
Sem saber que ali num ninho,
Alguém sozinho dormia.
 
 
Autor: Antonio Hugo.

 
Antonio Hugo
Enviado por Antonio Hugo em 29/05/2018
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Autor: Antonio Hugo/ site: www.antoniohugo.recantodasletras.com.br). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras