Antonio Hugo

Ser romântico, é ter a certeza, de que vale a pena amar; amar a todos, e a tudo o que for bom.

Textos


 
 
 
“A ESTRELA”.
     (Soneto).
 
 
De noite eu vejo o brilho
Demanhã o sol ofusca...
Segue caminhando no trilho
É uma estrela que ele busca.
 
Que quando é noite ela brilha
Ao bater do coração...
Chorando assim, ao recordar.
No tremor da minha mão.
 
Eu choro ao vê-la agora
Choro ao vê-la outrora...
E choro ao vê-la trilintar.
 
Foi no clarear da aurora
Na hora que já ia embora...
Ai nasceu esta canção.
 
 
 
Autor: Antonio Hugo.

 
Antonio Hugo
Enviado por Antonio Hugo em 27/05/2018
Alterado em 27/05/2018
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Autor: Antonio Hugo/ site: www.antoniohugo.recantodasletras.com.br). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras