Antonio Hugo

Ser romântico, é ter a certeza, de que vale a pena amar; amar a todos, e a tudo o que for bom.

Textos










“ANJO DA GUARDA”.

    

 

 

As flores que eu mandava pra você

Nunca elas chegaram as suas mãos,

Alguém as mandava devolver

Eram devolvidas as flores e o cartão.

 

Triste e magoado com você...

Tentei tira-la do meu coração,

Um anjo um dia veio nos socorrer

O anjo então desfez a confusão.

 

Era a sua irmã que não queria nosso amor

Foi a sua irmã que quis te afastar de mim,

Não tinha coração e entre nós dois se colocou

Ela é mal amada mesmo assim.

 

Foi desmascarada e teve que pedir perdão

Chorou desesperada então eu quis lhe perdoar,

Foi o anjo da guarda quem salvou nossa união

Agora então felizes já podemos nos amar.

 







Antonio Hugo
Enviado por Antonio Hugo em 28/08/2007
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Autor: Antonio Hugo/ site: www.antoniohugo.recantodasletras.com.br). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras