Antonio Hugo

Ser romântico, é ter a certeza, de que vale a pena amar; amar a todos, e a tudo o que for bom.

Textos











“IRENE”.

 



 

Irene, eu guardo o beijo,

Que um dia me deu...

Irene, os teus lábios rubros,

Que um dia foram meus...

O teu andar de menina

Lembro-me ainda

Não posso esquecer;

Quanto mais o tempo passa

A saudade me abraça

Eu amo você.

Hoje, eu fiz esta canção,

E vi descer as lágrimas;

Hoje, não são as minhas mãos

Que os teus cabelos afagam,

A paixão, que sentia por ti,

Nem o tempo apagou...

Recordo-me, a nossa primeira vez,

Os carinhos que me fez

E a frase que me falou.

Dói em mim, esta vontade louca,

De beijar tua boca

E enchê-la de amor.

 

Repete a primeira...

Irene, eu guardo o beijo... Bis.











Antonio Hugo
Enviado por Antonio Hugo em 25/08/2007
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Autor: Antonio Hugo/ site: www.antoniohugo.recantodasletras.com.br). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras