Antonio Hugo

Ser romântico, é ter a certeza, de que vale a pena amar; amar a todos, e a tudo o que for bom.

Textos









“DISCO DE VINIL”.

          

 

Diz que me espera, e eu voltarei; viver contigo é o que mais quero, pois vêm no meu pensamento às alegrias da nossa história, o que trago na memória são momentos de emoção...

As nossas noites, os nossos bailes, até as nossas juras de amor; as promessas que fizemos... O sincronismo das nossas almas.

A ausência não foi uma despedida, a ausência foi mero acaso que fortaleceu ainda mais o que sinto por ti.

Aqui as minhas noites não são vazias... Pois a lembrança tua me preenche a cada dia; o teu retrato... Aquele mesmo que me destes, o retrato pintado a mão, no qual ficaste perfeita igual já és; e que, junto a um disco de vinil, tu entregaste em minhas mãos... Aquele disco eu guardo com carinho, n’ele contém as nossas preferidas canções, canções de amor, são valsas leves, são canções para ouvir com a alma, com o coração.

Lembro-me ainda, que ouvindo a musica dançávamos; e na nossa festa... Éramos sós nós dois; era madrugada, tomamos alguns traguinhos a mais... E ouvindo as musicas deslizávamos, era um corpo só, os de nós dois...

As lembranças são muitas, as recordações também.

São só lembranças boas... Mas ainda teremos novos momentos assim, ou muito mais.

Nem precisa pedir-me pra voltar... Eu voltarei, a menos que responda esta carta dizendo que não me queres mais... Aí então, eu perecerei...

  







 

 

 

 

 

 

Antonio Hugo
Enviado por Antonio Hugo em 22/08/2007
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Autor: Antonio Hugo/ site: www.antoniohugo.recantodasletras.com.br). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras