Antonio Hugo

Ser romântico, é ter a certeza, de que vale a pena amar; amar a todos, e a tudo o que for bom.

Textos










“SEM LUAR NO CAMPO”.

       

 

 

(Refrão).

Sábado à noite sem luar no campo

E esse meu pranto que teimava em cair,

Vem a saudade pra me destruir

Vem à lembrança de quem amo tanto.

 

Saudade é sinônimo de amargura

Saudade faz pensarmos que é o fim,

Quando vem o frio da madrugada

A relva serenada, a flor do meu jardim.

 

Foi-se embora todo o meu encanto

Quem eu pensava que era anjo querubim,

De manhã cedo quando eu levanto

À noite mal dormida ainda dói em mim.

 

(Refrão).

Sábado à tarde sem luar no campo

E esse meu pranto que teimava em cair,

Vem a saudade pra me destruir

Vem à lembrança de quem amo tanto.

 







Antonio Hugo
Enviado por Antonio Hugo em 07/08/2007
Alterado em 08/08/2007
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Autor: Antonio Hugo/ site: www.antoniohugo.recantodasletras.com.br). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras