Antonio Hugo

Ser romântico, é ter a certeza, de que vale a pena amar; amar a todos, e a tudo o que for bom.

Textos


“ESTE TROVADOR”.
         (Soneto).
 
 
A dias plantava e via
A rocinha que se foi,
Do sucesso eu mal dizia
Ao menos o berro do boi.
 
Era bem vinda a moenda
No vento que aqui soprava,
O celeiro da fazenda...
Na roda, que a água rodava.
 
Ficou tudo na lembrança
A ponta da esperança,
Que agora cicatrizou.
 
Desde os tempos de menino
Magro, carente e franzino,
Virou este trovador.
 
 
Autor: Antonio Hugo.

 
Antonio Hugo
Enviado por Antonio Hugo em 22/01/2017
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Autor: Antonio Hugo/ site: www.antoniohugo.recantodasletras.com.br). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras