Antonio Hugo

Ser romântico, é ter a certeza, de que vale a pena amar; amar a todos, e a tudo o que for bom.

Textos


“MULHER DO ALÉM”
          (Soneto).
 
Uma rosa branca que pendia
Do galho de uma roseira,
Aquela rosa que eu via...
Não estava para brincadeira.
 
Estava ali, a caça de alguém,
Que viveu acorrentado...
Por uma mulher do além
Que a amou e foi amado.
 
Peguei a rosa na mão
A segurei com emoção,
Provoquei a natureza.
 
Tudo parecia em vão
Mexeu com o meu coração,
Mas nunca vi tanta beleza.
 
Autor: Antonio Hugo.

 
Antonio Hugo
Enviado por Antonio Hugo em 26/05/2016
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Autor: Antonio Hugo/ site: www.antoniohugo.recantodasletras.com.br). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras