Antonio Hugo

Ser romântico, é ter a certeza, de que vale a pena amar; amar a todos, e a tudo o que for bom.

Textos


 
“COLIBRI NO DESERTO”.
            (Soneto).
 
Vinde a mim um colibri
Que chorando no deserto,
Cantava sozinho ali...
Deixando um choro tão perto.
 
Me avisava de algo triste
De alguém que estava distante,
Algo que na hora existe
De um amor, ou de um amante.
 
Colibri meu passarinho
Chorando ali sozinho,
Você é o meu bem querer.
 
Mostra-me onde é o seu ninho
Eu quero lhe dar carinho,
Eu amo muito você.
 
Autor: Antonio Hugo.

 
Antonio Hugo
Enviado por Antonio Hugo em 06/05/2016
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Autor: Antonio Hugo/ site: www.antoniohugo.recantodasletras.com.br). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras