Antonio Hugo

Ser romântico, é ter a certeza, de que vale a pena amar; amar a todos, e a tudo o que for bom.

Textos










“O MENINO”.

                   

 

Quando criança eu dormia

O sono solto, e preocupado,

Logo ao amanhecer do dia

Ia nadar no mar gelado...

 

Já amanhecia feliz...

Estufava o peito e sorria,

Quanta travessura eu fiz

Vejam só a montaria...

 

Um grosso cavalo a pau

Um rei no seu alazão,

Fazendo cara de mal...

Acenando com a mão.

 

Pra multidões que só eu via;

Eu era acima da lei...

Brincando de monarquia

Era sacristão, era o frei.

 

Era oficial da marinha

Ou um soldado bombeiro,

Quanta imaginação eu tinha!

Para um simples escoteiro.

 

Ralava o joelho e chorava

Saía bravo, chutando tudo,

Na verdade eu não passava;

De um gurizinho barrigudo.

 







 

 

 

 

Antonio Hugo
Enviado por Antonio Hugo em 11/07/2007
Alterado em 11/07/2007
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Autor: Antonio Hugo/ site: www.antoniohugo.recantodasletras.com.br). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras