Antonio Hugo

Ser romântico, é ter a certeza, de que vale a pena amar; amar a todos, e a tudo o que for bom.

Textos








“EU DISSE ADEUS”.
(Carta).

O ultimo beijo que eu te dei... Tinha sabor de um adeus,
E foi adeus até agora.
Eu beijei por despedida para tirar o amargor da minha
Língua; pois tu achavas que eu era teu, eu disse adeus
A um amor que começou do nada, e talvez nada significasse
Para nós dois.
Éramos aventureiros românticos... Acreditávamos nas
Nossas próprias mentiras, mas você não acreditou na minha
Verdade... Quando eu te disse adeus, você olhou nos olhos
Meus, e disse-me então que eu voltaria; subestimando o
Meu amor próprio, e dando ênfase demasiada a si mesma.
Talvez ali fosse o meu maior erro; pois você já me conhecia
Muito bem.
Eu te beijei... E disse adeus, eu também olhei nos olhos teus.
Quem sabe um dia; afinal o mundo dá tantas voltas...
E numa dessas voltas poderemos nos encontrar.
Isso não quer dizer que eu não sinta saudade tua, nem que
Não lembre de ti; acredite-me, lembro cada momento nosso,
Mas não acredito que me ame, você se acostumou a mim,
Talvez sinta a minha falta, eu também já senti falta sua...
Já fantasiei tantas vezes, mas ninguém pode viver a vida
Inteira de fantasias.
Foi bom demais enquanto durou, mas não tentarei prolongar
Uma fantasia minha e sua, e digo adeus... 









Antonio Hugo
Enviado por Antonio Hugo em 09/06/2007
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Autor: Antonio Hugo/ site: www.antoniohugo.recantodasletras.com.br). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras