Antonio Hugo

Ser romântico, é ter a certeza, de que vale a pena amar; amar a todos, e a tudo o que for bom.

Textos








“BORBOLETAS BAILARINAS”.
(Rondel).

As borboletas bailavam
Como se ouvissem uma orquestra,
Suas asinhas balançavam
Elas estavam em festa!

Talvez fosse uma seresta
Pra alguém que elas amavam,
As borboletas bailavam
Como se ouvissem uma orquestra.

Pousavam e flutuavam
Comandando tinha uma mestra,
Outras de fora as saudavam
As borboletas modestas;
As borboletas bailavam. 








Antonio Hugo
Enviado por Antonio Hugo em 28/04/2007
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Autor: Antonio Hugo/ site: www.antoniohugo.recantodasletras.com.br). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras