Antonio Hugo

Ser romântico, é ter a certeza, de que vale a pena amar; amar a todos, e a tudo o que for bom.

Textos











“APARIÇÃO NA PRAIA”. 


Numa praia deserta a noitinha
Uma moça me apareceu do nada,
Vestia de branco, igual uma rainha,
Quis me dizer algo, mas ficou calada.

Tinha gestos refinados, era educada,
Não havia ninguém, estava sozinha,
Não tinha jeito de moça desprezada
Tinha os olhos azuis, era loirinha.

Eu não sei se surpreso, ou assustado,
Eu só sei que fiquei encabulado,
Eu não sei onde achei tanta coragem.

Não sei se foi real, ou imaginação,
Mas quando quis pegar na sua mão,
Ela desapareceu como uma miragem. 







Antonio Hugo
Enviado por Antonio Hugo em 14/04/2007
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Autor: Antonio Hugo/ site: www.antoniohugo.recantodasletras.com.br). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras