Antonio Hugo

Ser romântico, é ter a certeza, de que vale a pena amar; amar a todos, e a tudo o que for bom.

Textos







“O VENTO LEVOU”.
        (Soneto).
 
 
Aonde está meu talento
Hoje a brisa o carregou,
Foi levado pelo vento
Só o pensamento ficou.
 
Um poeta rabugento
Foi tudo que a mim restou,
Caminhando a passo lento
Sem lembrar o que sonhou.
 
Quando é noite enluarada
Em que a lua prateada,
Surge então beijando o mar.
 
A viola desafinada
Aquela voz embargada,
Sobre a mesa de um bar.





Antonio Hugo
Enviado por Antonio Hugo em 21/11/2012
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Autor: Antonio Hugo/ site: www.antoniohugo.recantodasletras.com.br). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras