Antonio Hugo

Ser romântico, é ter a certeza, de que vale a pena amar; amar a todos, e a tudo o que for bom.

Textos









“DESAPARECEU”
(Letra de música).

(Samba).

(Refrão).
Desapareceu, não deixou nem pegadas
Ela não; me deixou alcançar,
Desapareceu, só deixou seu perfume
Talvez foi de jangada, pelas águas do mar.

Quando às noites, eram de lua cheia
Eu brincava na areia, na beira do mar,
Eu subia nas pedras, eu cantava pra ela
Pra ele dançar...

A jangada, tinha duas velas brancas
A jangada, era dessas de remar...
Não deixou, nem pegadas na areia
Foi se embora, para o alto mar.
(Refrão).
Desapareceu, não deixou nem pegadas
Ela não; me deixou alcançar,
Desapareceu, só deixou seu perfume
Talvez foi de jangada, pelas águas do mar. 

OBS. Esta letra está devidamente registrada com partitura.
Autoria de Antonio Hugo, o fundo musical que aparece acompanhando a letra no site do escritor, é de uma música conhecida de sucesso, "e não é de minha autoria".










Antonio Hugo
Enviado por Antonio Hugo em 13/02/2007
Alterado em 13/02/2007
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Autor: Antonio Hugo/ site: www.antoniohugo.recantodasletras.com.br). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras