Antonio Hugo

Ser romântico, é ter a certeza, de que vale a pena amar; amar a todos, e a tudo o que for bom.

Textos









"NEM SEMPRE"

O que chamas de solidão...
Eu chamo de paz,
o que chamas de silêncio
eu chamo de meditação;
o que dizes que é alegria
eu te direi que é vida...
O que às vezes parece coragem
eu te direi que é covardia;
pois nem sempre a força
impõe ao medo...
Nem sempre uma visão
merece segredo,
nem sempre uma oferta
é por gratidão...
Nem sempre é um covarde
aquele que sente medo...
Nem todo veneno mata,
mas, é bem melhor não testá-lo!














Antonio Hugo
Enviado por Antonio Hugo em 20/01/2007
Alterado em 20/01/2007
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Autor: Antonio Hugo/ site: www.antoniohugo.recantodasletras.com.br). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Áudios Relacionados:
NEM SEMPRE - Antonio Hugo


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras