Antonio Hugo

Ser romântico, é ter a certeza, de que vale a pena amar; amar a todos, e a tudo o que for bom.

Textos






“HOMENAGEM AOS TROVADORES”.
(Cordel).


Vou começar esses versos
Falando de paz e amor,
Desejo sempre sucesso
E exaltando o seu valor;
Pra alavancar o progresso
No dia do trovador.

Eu sou poeta confesso
Não tenho voz de cantor,
Quando é repente eu tropeço
Vem no meu rosto o rubor;
Sem cerimônia eu peço
Ajuda a um professor.

Por todo este universo
Cordelista e cantador,
Com um abraço me despeço
Da senhora e do senhor
Agradeço pelo acesso
A todos deixo uma flor.




Antonio Hugo
Enviado por Antonio Hugo em 18/07/2011
Alterado em 03/08/2011
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Autor: Antonio Hugo/ site: www.antoniohugo.recantodasletras.com.br). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras