Antonio Hugo

Ser romântico, é ter a certeza, de que vale a pena amar; amar a todos, e a tudo o que for bom.

Textos








“O SEU GURI”.
 (Poesia).
 
Ah! Quanta honra ser o seu guri...
Eu aprendi amar estando nos seus braços;
Eu chorava ao te ver partir
Eu sorria ao te ver chegar,
Então dormia ao te abraçar
Não mais menino depois de crescer,
Mas para você continuei menino.
Quis o destino em nos separar
Ficou velho, mas não deixou de sorrir;
Com o tempo eu também envelheci
Ainda assim continuo o seu guri.
Hoje é grande a saudade
Já na meia idade sei o que é ser pai
Ainda hoje quando a noite cai
Eu já não posso mais, ver você sorrir.
Ah! Meu velho adorado!
Nada é passado tudo é presente
Suas palavras ficaram na minha mente
De quando inocente até adulto ser...
Você nunca foi indiferente
Todas as minhas duvidas
Quis me esclarecer, você sempre
Foi homem valente, na sabedoria
Ao dialogar, sempre usou as palavras
Para não brigar, e sempre convencer.
Hoje tu a Deus pertence,
Ainda me convence imitar você.






Antonio Hugo
Enviado por Antonio Hugo em 18/04/2011
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Autor: Antonio Hugo/ site: www.antoniohugo.recantodasletras.com.br). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras