Antonio Hugo

Ser romântico, é ter a certeza, de que vale a pena amar; amar a todos, e a tudo o que for bom.

Textos






“PAIXÃO”.
(Crônica).

Nem sempre quem está apaixonado é bonzinho, quando se fala em paixão vem logo na mente amor, porém, o amor é definitivo, enquanto que a paixão quase sempre é passageira.
Todos sabem que, quem está apaixonado é possessivo... Chegando a ser um tanto egoísta, apaixonado é carente, e por ser carente quer exclusividade, enquanto que a outra parte passa a ser muito mais uma vitima, que uma pessoa amada.
Eu chego a pensar que, a paixão é quase uma doença perigosa quando sem controle, ela chega sem pedir permissão, domina o cérebro de quem a tem, mina as forças e comanda os seus pensamentos, obrigando a pessoa a fazer coisas que jamais faria não fosse a paixão. O apaixonado está pouco ligando se está sendo ridículo ou não, alguns dizem:
- Ah! Como é bom está apaixonado! Enquanto outros afirmam: - Apaixonar nunca mais!
É difícil descrever uma paixão, em alguns ela desperta agressividade, noutros desconfiança, porém, o mais comum é despertar carinho, mas esse carinho quase sempre vem acompanhado de possessividade, o pior é quando essa paixão é atribuída a alguém que não corresponde... Pior ainda quando esse alguém sequer sabe que há alguém apaixonado por si.
Ah! Minha amiga, meu amigo... Você que está lendo este texto; não é nenhum privilegio está apaixonado, privilegio é está amando, isso sim é muito bom!
Azar mesmo é quando uma paixão acaba e a outra parte já está correspondendo... Ai então o sofrimento troca de lado; eu por minha vez nunca soube que existe remédio para curar uma paixão.
Eu penso assim.








 
Antonio Hugo
Enviado por Antonio Hugo em 24/03/2011
Alterado em 27/07/2013
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Autor: Antonio Hugo/ site: www.antoniohugo.recantodasletras.com.br). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras