Antonio Hugo

Ser romântico, é ter a certeza, de que vale a pena amar; amar a todos, e a tudo o que for bom.

Textos






“POETA DE RUA”.
 (Letras de Música).
 
Estava ébrio quando eu te conheci
Estava embriagado de amor,
O céu a lua as estrelas e o mar
Me fez jurar diante de um botão de flor;
Estava decidido dividir
O pouco que eu tinha pra te dar,
E você decidida em me iludir
Facilmente conseguiu me enganar,
Por isso, hoje chorando estou aqui,
Neste luar, embriagado a poetar.
 
         (Refrão).
Poeta de rua
Cantando pra lua,
Sem ninguém ao lado
Sem lar nem moral.
 
Não sou vagabundo
Sou um andarilho,
É este o meu mundo
Sem cor e sem brilho.
 
Poeta de rua... Repete o refrão.
 
Estava ébrio quando eu te conheci
Estava embriagado de amor,
O céu a lua as estrelas e o mar
Me fez jurar diante de um botão de flor;
Estava decidido dividir
O pouco que eu tinha pra te dar,
E você decidida em me iludir
Facilmente conseguiu me enganar,
Por isso, hoje chorando estou aqui,
Neste luar, embriagado a poetar.




Antonio Hugo
Enviado por Antonio Hugo em 24/02/2011
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Autor: Antonio Hugo/ site: www.antoniohugo.recantodasletras.com.br). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras