Antonio Hugo

Ser romântico, é ter a certeza, de que vale a pena amar; amar a todos, e a tudo o que for bom.

Textos










“BRINCADEIRA DE ÍNDIO”.
                (Rondel).
 
 
Quando de indio disfarçado
Com arco flecha e cocar,
Com o semblante fechado
Para melhor interpretar.
 
Cavalo para eu montar
Um pau todo enfeitado,
Quando de indio disfarçado
Com arco flecha e cocar.
 
Não era um cavalo alado
Mesmo assim, eu queria voar,
Com o rosto todo pintado
Pelas campinas a gritar!
Quando de indio disfarçado.








Antonio Hugo
Enviado por Antonio Hugo em 30/07/2010
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Autor: Antonio Hugo/ site: www.antoniohugo.recantodasletras.com.br). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras