Antonio Hugo

Ser romântico, é ter a certeza, de que vale a pena amar; amar a todos, e a tudo o que for bom.

Textos









"TARDE FAGUEIRA"


No galho do ipê roxo
entre os ipês amarelos,
no panorama mais belo
onde eu desenhei seu rosto.

Onde o sol já quase posto
os pássaros indo pros ninhos,
enlaçado em seu abraço
com a melodia dos passarinhos.

Os seus cabelos soltos ao vento
e os seus lábios em movimento,
pedindo que eu te beijasse...
já era o meu pensamento.

Ah! Como é doce lembrar
daquele lindo lugar...
daquela tarde fagueira
dos seus olhos a brilhar.

O lugar ainda existe
o momento está além,
mas você está comigo
a quem tanto eu quero bem.







 
Antonio Hugo
Enviado por Antonio Hugo em 26/08/2006
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Autor: Antonio Hugo/ site: www.antoniohugo.recantodasletras.com.br). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras