Antonio Hugo

Ser romântico, é ter a certeza, de que vale a pena amar; amar a todos, e a tudo o que for bom.

Textos










“QUANTA SAUDADE”!


 
Senti meus olhos a chorar,
Mas era choro de alegria...
Quando vi, se realizar;
Meus sonhos, minhas fantasias.
 
Aquela praia vazia...
As palhas, o vento balançar,
Em volta aquela calmaria
E ouvi uma voz me chamar.
 
Corri para abraçar...
Quem há anos não a via;
A casa que foi meu lar
A varanda onde eu corria.
 
Parece até que sorria...
O cavalinho a relinchar,
Foi tão lindo aquele dia
Que escolhi para regressar!
 
Filho, venha me abraçar!
Mamãe velhinha dizia,
Seu pai não pode esperar...
Mas na janela, eu o via.








Antonio Hugo
Enviado por Antonio Hugo em 15/10/2009
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Autor: Antonio Hugo/ site: www.antoniohugo.recantodasletras.com.br). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras