Antonio Hugo

Ser romântico, é ter a certeza, de que vale a pena amar; amar a todos, e a tudo o que for bom.

Textos










“CAJUEIRO”.

 
 
Cajueiro se tu tivesses
No peito um coração,
Pudesses falar comigo
Teus medos e tuas vontades;
Pudesses ouvir meus choros
Meus soluços de saudades...
Ah! Cajueiro por ti
Nutro sincera amizade!
Desde quando pequenino
Quando em tua sombra deitava
Mil rabiscos eu fazia...
E do meu jeito eu poetava
Foi ali que a amizade
Entre nós dois começava!
Hoje resta esta saudade
Em que vivendo distante
Nos meus sonhos eu te abraço
Não te esqueço um só instante,
E às vezes procuro tua sombra
Noutros campos verdejantes!
 








Antonio Hugo
Enviado por Antonio Hugo em 20/06/2009
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Autor: Antonio Hugo/ site: www.antoniohugo.recantodasletras.com.br). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras