Antonio Hugo

Ser romântico, é ter a certeza, de que vale a pena amar; amar a todos, e a tudo o que for bom.

Textos










“NOSTALGIA”.



Nostálgica noite que,
A brisa cheira a amor,
A lua já vai nascer...
Abre-se o botão de flor;
Nostálgica noite de lua
Em que, a rua é tão calma,
Serena está a minh’alma
Pois me vem saudade tua,
Ouço de longe uma canção
Meu coração bate forte,
Talvez hoje eu tenha sorte
De ouvir a sua voz...
Que a noite não seja atroz
Nem seja em vão minha espera
É noite de primavera
E a lua clareia o chão,
Vem voando pirilampos
Com luzes tão coloridas
Fazendo festa nos campos
Clareando as nossas vidas,
Tudo é tão lindo esta noite!
Até o céu é sorriso...
Mais parece o paraíso
Estrelas brilham no além
Deixando o céu tão bordado
Já é tarde ela não vem...
Choro por dentro e calado
É um susto, é alarme falso;
Corre para mim...
A espero nos braços,
É alegre o olhar dela
É bonito o seu sorrir...
Roubo uma rosa amarela
Fiz bem em não desistir
Pois me alegrou ao vir,
Agora é calmo o meu ser
Sela o abraço apertado
De fundo o céu estrelado
Sorri eu, sorri você.








Antonio Hugo
Enviado por Antonio Hugo em 12/03/2009
Alterado em 12/03/2009
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Autor: Antonio Hugo/ site: www.antoniohugo.recantodasletras.com.br). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras