Antonio Hugo

Ser romântico, é ter a certeza, de que vale a pena amar; amar a todos, e a tudo o que for bom.

Textos








“ÍNDIA SEREIA”.
       
 
 
Em tarde fria sombriosa
Em que o espírito passeia,
De cima a tarde é vistosa
Em baixo é triste a aldeia.
 
Mais tarde a lua clareia
Noite de versos e prosa,
Fascinante a lua cheia
Minha alma sente-se orgulhosa!
 
Surge você tão fogosa
A linda índia sereia...
Filha da águia alterosa
Dança descalça na areia.
 
Festejo a luz de candeia
Menina índia dengosa,
À noite a maré é prea...
Que noite maravilhosa!






Antonio Hugo
Enviado por Antonio Hugo em 13/02/2009
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Autor: Antonio Hugo/ site: www.antoniohugo.recantodasletras.com.br). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras