Antonio Hugo

Ser romântico, é ter a certeza, de que vale a pena amar; amar a todos, e a tudo o que for bom.

Textos










“NOSTALGIA”.

(Letras de música).

(Samba).

 

(Refrão).

Nostalgia, o que fazes de mim,

Me encheu de ilusão...

Freguês de um botequim;

Nostalgia, onde está meu violão?

Tragam meu cavaquinho

Pra eu cantar uma canção.

 

Com os nós dos dedos

Batucando sobre a mesa...

Essa pobreza, e a maldita paixão;

Eu fiz pra ela, uma ciranda de roda,

A ciranda está na moda

Não gostou e me disse não!

 

Internamente chorava meu coração,

Pedi pra ela entrar na roda

Meu pedido foi em vão;

O samba quente, de swing e remelexo,

Tristonho ainda me queixo

Pois não tive o seu perdão.

 

(Refrão).

Nostalgia, o que fazes de mim,

 

Me encheu de ilusão...

Freguês de um botequim;

Nostalgia, onde está meu violão?

Tragam meu cavaquinho

Pra eu cantar uma canção.







Antonio Hugo
Enviado por Antonio Hugo em 10/06/2008
Alterado em 10/06/2008
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Autor: Antonio Hugo/ site: www.antoniohugo.recantodasletras.com.br). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras