Antonio Hugo

Ser romântico, é ter a certeza, de que vale a pena amar; amar a todos, e a tudo o que for bom.

Áudios

"LUA NOVA".
Data: 08/06/2010
Créditos:
Autor: Antonio Hugo.
Voz: Antonio Hugo.
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Autor: Antonio Hugo/ site: www.antoniohugo.recantodasletras.com.br). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.










“LUA NOVA”.
 (Declamação).
 
 
Oh! Lua nova! Como é esbelta a silhueta! Pego a luneta da gaveta, só para ver-te mais nítida, o mar tão perto... Porque nasceste tão longe? Tenho que subir no monte, para melhor contemplá-la; a noite avança, volto para minha janela, olho a azul passarela, e as estrelas a desfilar, estrela cadente surge um pedido na mente, eis que ouço de repente, um bandolim a tocar... Toque sutil, solo por dedos treinados, eu que ouvia calado senti meu peito chorar! Chorar de dor... Por não tê-la mais comigo, o doce amargo castigo, que consome o meu viver; pois quem ama não esquece, por isso tanto padece, mais sofre, mais faz sofrer! Ouvindo aquela canção, lágrimas caindo ao chão, olhando o céu encantado... É lindo tudo! Mas é uma noite sofrida, e a dor maior dessa vida, não tê-la agora ao meu lado!








Enviado por Antonio Hugo em 08/06/2010

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Autor: Antonio Hugo/ site: www.antoniohugo.recantodasletras.com.br). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.



Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras