Antonio Hugo

Ser romântico, é ter a certeza, de que vale a pena amar; amar a todos, e a tudo o que for bom.

Áudios

CIDADE PACATA
Data: 26/01/2007
Créditos:
Autor: Antonio Hugo
Voz: Antonio Hugo
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Autor: Antonio Hugo/ site: www.antoniohugo.recantodasletras.com.br). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.









 


“CIDADE PACATA”
(Rondel).

Naquela cidade pacata
Cuja diversão era um rio,
O cenário as verdes matas
O entardecer era sombrio.

Ao chegar ninguém me viu
Tu te banhavas na cascata,
Naquela cidade pacata
Cuja diversão era um rio.

Ao voltar te escrevi cartas
Dezenas delas pra ti seguiu,
Tuas respostas eram sensatas
Amor por mim também sentiu
Naquela cidade pacata.
































Enviado por Antonio Hugo em 26/01/2007

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Autor: Antonio Hugo/ site: www.antoniohugo.recantodasletras.com.br). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.



Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras