Antonio Hugo

Ser romântico, é ter a certeza, de que vale a pena amar; amar a todos, e a tudo o que for bom.

Áudios

QUE NOITE FOI AQUELA!
Data: 26/01/2007
Créditos:
Autor: Antonio Hugo
Voz: Antonio Hugo
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Autor: Antonio Hugo/ site: www.antoniohugo.recantodasletras.com.br). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.









“QUE NOITE FOI AQUELA”! 

O meu coração dilacerado
Meu pensamento só nela,
Completamente apaixonado
Terrível noite foi aquela!

O violão desafinava
A cama parecia ter espinhos,
Versos e poema não rimavam
Era o mundo e eu sozinho.

Madrugada toca o telefone
Digo alô ninguém responde,
Ouvi pelos suspiros, era ela.

Do outro lado alguém desligou
Logo, novamente ele tocou,
Ah! Que madrugada foi aquela!





Enviado por Antonio Hugo em 25/01/2007

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Autor: Antonio Hugo/ site: www.antoniohugo.recantodasletras.com.br). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.



Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras